Transtorno de Estresse Pós-Traumático

Transtorno de Estresse Pós-Traumático é a doença que acomete quem foi vítima de alguma situação que tenha tido relação com morte e ou ferimentos e que tenha desencadeado sentimentos relacionados a medo, impotência ou horror.

Sem querer, os pacientes vítimas de Transtorno de Estresse Pós-Traumático frequentemente sonham com algo relacionado àquilo que lhes causou o trauma. Além dos sonhos que impedem o sono, esse nível de estresse costuma causar mudanças comportamentais. O paciente passa a apresentar sinais de irritabilidade, de distanciamento e de dificuldades de concentração.

As pessoas que sofrem de Transtorno de Estresse Pós-Traumático necessariamente experienciaram alguma situação traumática, mas nem todos que vivenciaram algum trauma desenvolveram esse nível de estresse. Entre os homens, a causa mais comum é a violência de guerra. Entre as mulheres, o que mais desencadeia o trauma são experiências relacionadas a violência sexual.

Como não existe um modo preciso de diagnosticar alguém como vítima de Estresse Pós-Traumático, existem métodos variados. Após o final da Guerra do Vietnã diversas maneiras de diagnóstico surgiram em função dos soldados que regressavam. Hoje também existem avaliações de distúrbio cognitivo.

O tratamento para o Estresse Pós – Traumático pode ser terapêutico ou com a utilização de remédios. Não existe medicação específica para esse transtorno, então são utilizados remédios indicados para outros tipos de transtorno, como aqueles para hipertensão, humor ou ansiedade. Já o tratamento psicológico varia de acordo com a linha psicológica que segue, mas seja cognitivo-comportamental ou dinâmica, é sempre recomendada.

 

Atendimento a Domicílio

Em situações de emergência pode haver uma ameaça iminente à vida, sofrimento agudo ou risco de lesão permanente, em que torna-se necessário o tratamento médico a domicílio e imediato de forma a evitar sofrimento e complicações.

Contato